EU PODIA TER SIDO RICO…

postado em: Artigos | 0

Todo mundo tem uma história na vida de como poderia ter sido rico, mas não foi. Um avó que vendeu uma grande quantidade de terra por algo que não valia a pena; terrenos na cidade que poderia ter comprado por um preço insignificante, mas não o fez; entre outras, dentre as quais, você tem a sua!

Oportunidades surgem a todo tempo e nós somos desafiados a avaliá-las se serão um benefício ou desperdício em nossas vidas. Geralmente procuramos pontos positivos e negativos para avaliar os riscos. Se tivermos mais positivos que negativos vamos em frente, se não retrocedemos.

Foi assim com o povo de Deus, quando Moisés mandou espias para ver a terra prometida! Eles foram e viram uma terra maravilhosa; um lugar produtivo, onde somente um cacho de uva precisava ser carregado por duas pessoas; um lugar esplêndido! Porém, com cidades fortificadas e pessoas gigantes, segundo o relato da maioria! Entretanto, dois jovens com o coração ardente em fé testemunhavam o contrário! “A terra que percorremos em missão de reconhecimento é excelente. Se o Senhor se agradar de nós, ele nos fará entrar nessa terra, onde há leite e mel com fartura, e a dará a nós. Somente não sejam rebeldes contra o Senhor. E não tenham medo do povo da terra, porque nós os devoraremos como se fossem pão. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não tenham medo deles!” Números 14.7-9. Apesar desse testemunho maravilhoso de fé, o povo pensou em apedrejá-los.

Como está o seu coração? Você tem visto os sinais do Senhor? Tem percebido sua ação nos testemunhos maravilhosos do seu poder, incendiando nossos corações a ir para a terra prometida, avançando na adoração, santificação e evangelismo? Ou será que você está satisfeito com o deserto, desejando voltar a escravidão do Egito, com o coração insensível à ação de Deus?

Hoje é tempo de nos posicionar, pois somente aqueles jovens entraram no lugar de descanso do Senhor; somente eles entraram num lugar da plena bênção de Deus; eles desfrutaram do melhor do Senhor! Eu quero ir para canaã! Vamos?

Pr. Rodrigo Dalla Costa