AMOU-OS ATÉ O FIM – JOÃO 13:1

postado em: Artigos | 0

O amor de Deus é a razão maior da vida cristã. João definiu: “Deus é amor”. Considerando que esta é a sua natureza, tudo o que fez e faz, na história e nas nossas vidas, leva a marca do Seu maravilhoso amor. E, a maior expressão desse amor, foi manifesto na encarnação, morte e ressurreição do Seu Filho, Jesus Cristo, para nos salvar (João 3:16).

A frase em destaque foi dita por Jesus, durante a festa da Páscoa, na semana que antecedeu a sua crucificação. Nessa oportunidade, vivenciou o amor ao tomar uma bacia com água, uma toalha e lavou os pés dos seus discípulos. Sendo Mestre e Senhor, Jesus foi servo e não hesitou em cumprir a missão, para ser exemplo: “eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz” (João 13:15). Ele amou até o fim oferecendo a sua vida para nos salvar.

A Igreja Cristã é o resultado e a concretização desse maravilhoso amor. A missão da Igreja só pode alcançar êxito se amar como Ele amou. E a missão proclamadora desse amor foi definida por Jesus como uma ordem urgente: “façam discípulos de todas as nações” e “sejam minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (Mateus 28:19 e Atos 1:8).

Neste fim de semana a igreja é abençoada com o 30º Congresso de Missões – tempo de reflexão e desafio. Ao longo desses trinta anos foi privilegiada pela missão de proclamar o Evangelho da Salvação, mensagem do amor de Deus, em Maringá, no Brasil e em muitos países. Com a graça de Deus, a igreja tem firmadas 42 parcerias, envolvendo mais de 60 missionários no campo. Louvado seja o Senhor!

Então, siga o exemplo de Jesus, juntese a nós no propósito de “amar até o fim”, servindo pessoas que carecem da Salvação.

Pr. Valdemar de Souza