A IMPORTÂNCIA DA HONRA

postado em: Artigos | 0

“Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra” (Romanos 13:7).

O que é honrar? A honra está associada a um reconhecimento; honrar é valorizar, reconhecer.

Em primeiro lugar, devemos honrar a Deus sobre todas as coisas, por meio do nosso vive nosso exemplo, família e ministério. O Senhor Jesus Cristo é digno de toda honra, glória, louvor e adoração.

O sacerdote Eli preferiu honrar seus filhos antes de honrar a Deus. Seus filhos estavam tratando com desprezo as ofertas do Senhor e os ofertantes. Eram maliciosos e promíscuos, mas mesmo sabendo de tudo que os filhos faziam de errado, Eli foi omisso, não os disciplinou,
não os corrigiu. Por isso, o Senhor proferiu uma dura sentença contra Eli e sua casa: “Portanto, o Senhor, o Deus de Israel, declara: ‘Prometi à sua família e à linhagem de seu pai, que ministrariam diante de mim para sempre’. Mas agora o Senhor declara: “Longe de mim tal coisa! Honrarei aqueles que me honram, mas aqueles que me desprezam serão tratados com desprezo” (1 Samuel 2:30).

Honramos ao Senhor quando honramos nossas autoridades, aqueles que estão sobre nós, nossa liderança. Devemos ter o devido respeito, “pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por Ele estabelecidas” (Romanos
13:1).

Honramos ao Senhor quando honramos nossa família. Quando há reconhecimento, respeito e gratidão teremos relacionamentos saudáveis. O marido deve honrar a esposa, amando-a, tratando-a com dignidade e não como um objeto. Da mesma forma a esposa deve tratar seu marido com todo respeito e consideração.

Os filhos devem honrar pai e mãe: “Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo. “Honra teu pai e tua mãe”, este é o primeiro mandamento com promessa: “para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra” (Efésios 6:1-3).

Honramos ao Senhor quando honramos nossos irmãos, nosso próximo. Devemos tratar-nos em honra uns aos outros e a Deus toda
a honra e toda glória!

Pr. Paulo Jessé de Lima