SEGUINDO JESUS DE PERTO

postado em: Artigos | 0

Se nós como cristãos, tentarmos ser melhores, ou bons, ou até mesmo aceitáveis a Deus, por algum esforço humano, falharemos. Tudo que somos e temos vem através do Espírito Santo. O Espírito Santo veio morar em nós, e Deus atua em nós pelo Espírito Santo. Somente temos de nos submeter ao Espírito de Deus de maneira que Ele possa nos dar poder para tirar o velho e pôr o novo.

Paulo esclarece isto em Gálatas 5:17: “Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são opostos entre si.” Isto dá uma ideia do verdadeiro conflito no coração de cada crente genuíno.

Muitas vezes em minha vida, algo que na mente eu pretendia nunca fazer eu fazia na carne. Chorei muitas lágrimas amargas, confessando o pecado e pedindo que Deus Espírito Santo me desse força nesta área.

Mas isto é para me lembrar que todo dia eu estou envolvido na luta espiritual. Nunca posso baixar a guarda – tenho de ficar armado.

Muitos dos jovens que eu encontro vivem derrotados, desiludidos, desapontados, mesmo depois de virem a Cristo. Estão andando de acordo com a carne porque não foram adequadamente ensinados sobre este ponto. O velho homem, o velho “eu”, a velha lei, a velha força ainda não está morta ou totalmente renovada: ainda está ai. Combate por cada centímetro do caminho contra o novo homem, a nova força em que Deus nos transformou quando recebemos a Cristo. Somente quando nos submetemos e obedecemos à nova lei em Cristo é que obtemos a vitória.

“Submeter” é o segredo! Paulo disse: “Rogo-vos, pois, irmãos, peço pelas misericórdias de Deus que apresenteis decididamente os vossos corpos – entregando todas os seus membros e capacidades – por sacrifício vivo, santo (dedicado, consagrado) e agradável a Deus, que é o vosso culto racional (inteligente) e adoração espiritual” (Rom. 12:1, amplificado). Na hora da entrega total temos uma nova “experiência”.

Para muitos cristãos não é exatamente uma segunda experiência – mas acontece muitas vezes durante a nossa vida.

Billy Graham (O Espírito Santo, 1980)