ROUPA PRATEADA

postado em: Artigos | 0

Gente é sério, já estamos em 2018. Quando é que vamos decidir que o futuro já chegou e começar a usar roupa prateada? Você já ouviu falar em quarta revolução industrial? As revistas especializadas
em tecnologia afirmam, vivemos em um mundo totalmente diferente. Em pouco tempo nossa vida se transformará de forma exponencial. A primeira revolução industrial foi a introdução do motor a combustão; a segunda, a invenção da energia elétrica; na terceira, tivemos a automação da produção; na quarta, a fusão dos mundos físicos, digitais e biológicos, além das inteligências virtuais. Um advogado-robô já reverteu mais de 160.000 multas de transito em Nova York e Londres. Talvez esses sejam fatos que assuste alguns, para outros, abra portas para um mundo novo cheio de expectativa. O que será de nós em meio a tudo isso?

O livro do Eclesiastes ilumina nossas vidas “É ilusão, é ilusão, diz o Sábio. Tudo é ilusão. A gente gasta a vida trabalhando, se esforçando e afinal que vantagem leva em tudo isso? Pessoas nascem, pessoas morrem, mas o mundo continua sempre o mesmo”. (Ec. 1.2ss)

A vida cotidiana provavelmente irá mudar, mas dentro de nós sempre haverá uma questão inalcançável a ação humana, um vazio impreenchível pelo intelecto, uma não aceitação da fragilidade da vida, uma força que impera contra a vontade humana diante das vicissitudes. A vida, do ponto de vista humano, sempre será uma tentativa de beber água de uma miragem.

Não somos mestres, nem na quarta revolução industrial, de nossos destinos diz o sábio, pois o muro da limitação humana não pode ser vencido. Somente Deus é todo poderoso, somente Jesus venceu a morte, somente o Espírito vivifica a vida, quando todos esforços humanos são incapazes.

Nesse mundo novo, vivamos na certeza de que ainda que todo esse poder possa afagar nossas fragilidades, continuamos dependentes de um Deus que tem o governo do mundo em suas mãos, e somente nEle poderemos encontrar sentido e salvação.

Pr. Rodrigo Dalla Costa