PRESTE ATENÇÃO!

postado em: Artigos | 0

O mundo está competindo por nossa atenção!
Não tem mais como evitar; antigamente nós mudávamos de canal quando aparecia comerciais na televisão; no início da internet tínhamos a opção de se informar e distrair sem os comerciais; todavia, perceberam que estavam perdendo nossa atenção e logo começaram a encher a internet de comerciais. Os 5 segundos não adiáveis do youtube; as propagandas na lateral do buscador google; as imagens de propaganda no instagram. Sem falar que na televisão, rádio, nos outdoors, nas roupas, rótulos e onde você puder olhar, tem alguém querendo chamar a sua atenção para algo.

Nesse mundo extremamente competitivo por sua atenção, como pode uma criança competir com seu smartfone? Essa foi a idéia do texto

“Eu quero ser um celular”:

“Oração de uma criança:– Papai do céu, eu quero ser um celular, por causa dos meus pais.
– O Senhor precisa ver como eles têm paciência com ele, mesmo quando chegam em casa cansados do trabalho. Mas comigo, não. Vão logo dando bronca.
– Os olhinhos da minha mãe até brilham quando ela está olhando para o celular. É lindo de ver. Eu quero que ela olhe assim pra mim também.
– Quando estamos conversando e o celular toca, meu pai corta a nossa conversa no meio, mas nunca, nunca mesmo, ele pára de olhar o celular para conversar comigo.
– Eles nunca têm tempo pra brincar ou passear comigo, mas gastam horas vendo coisas no celular.
– Por favor, Papai do céu, me transforme num celular. Daí todo mundo vai ficar feliz aqui em casa. Muito obrigado”

Talvez seja o momento de nós repensarmos onde está a nossa atenção, pois a palavra já nos alerta que nós podemos nos perder se não tomarmos cuidado.

Filho, preste atenção no que eu digo. Escute as minhas palavras. Nunca deixe que elas se afastem de você. Lembre delas e ame-as. Elas darão vida longa e saúde a quem entendêlas. Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos. (Pv. 4.20-23)

Que nós vivamos motivados pela palavra de Deus e tomemos cuidado com quem está ganhando essa guerra pela nossa atenção.

Pr. Rodrigo Dalla Costa