PAZ!

postado em: Artigos | 0

Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo. João, 14.27

Conta-se de um concurso de pintura cujo tema era a paz. Apesar de se terem apresentado magníficos quadros, com lindas Paisagens de praias ou de campos tranqüilos, com casinhas com chaminés fumegando, com crianças brincando, distraídas, o vencedor foi aquele que pintou uma negra tempestade dando severamente contra rochedos e, numa reentrância no meio deles, protegido dos ventos e da chuva, um pequeno pássaro, aguardando calmamente.

Nós, cristãos, somos como esse pássaro. Nossa paz não vem das circunstâncias, mas do fato de estarmos em Cristo. Somos frágeis, vivendo num mundo sob tempestades de toda forma, mas estamos protegidos e calmamente aguardamos o momento em que Ele fará se dissiparem todas as nuvens.

O Senhor nos deixou a sua paz. Ainda que atravessemos muitas tempestades, ainda que os dias sejam maus, podemos ter paz. Nosso coração se acalma e espera porque Ele nos guarda, nos protege e nos garante que nossa espera não será em vão. A paz
que Ele nos oferece não é algo efêmero e contingencial, mas uma paz que excede todo o entendimento e que não depende de as circunstâncias parecerem favoráveis.

Você tem andado aflito? Inquieto? Insatisfeito? Será que não tem tentado voar em meio à tempestade? Não seria melhor parar, assentar-se, esperar um pouco, e usufruir da paz de Jesus?

Aceita uma sugestão? Lance sobre Deus toda sua ansiedade, pois Ele tem cuidado de nós, diga para sua alma: “Por que está assim tão perturbada dentro de mim?

Espera no Senhor!”, e receba a paz. Uma ótima semana, na paz do Senhor.

Pr. Wagner Lopes