ALEGRIA

postado em: Artigos | 0

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se! (Fp 4.4)

Segundo o Dicionário Houaiss, alegria é um “estado de viva satisfação, de vivo contentamento; regozijo, júbilo, prazer”, o que denota um sentimento efêmero, passageiro, de modo que poderíamos pensar em alguém
alegre por um momento, mas não o tempo todo. E também poderíamos inferir que essa alegria estivesse condicionada a situações específicas, como a vitória de nosso time, um convite para um almoço, a chegada de alguém querido, etc.

Porém, é possível termos alegria diante de derrotas, frustrações, problemas que não temos como resolver? Pode ser que você esteja chegando neste final de ano com sonhos não realizados, objetivos não conquistados e derrotas em algumas, ou em diversas, áreas de sua vida. Talvez você se sinta abatido porque as coisas não saíram como você esperava nos seus relacionamentos, ou nas suas finanças, ou na sua saúde…

Mas podemos passar por todas essas situações e ainda assim termos alegria! Conforme nos ensina a Palavra de Deus, a alegria não é algo passageiro ou circunstancial. Ela é fruto do Espírito, por isso, não resulta de algumas pequenas conquistas que obtemos, mas sim da presença do Espírito Santo em nós.

Quando Jesus estava para ser morto, disse que aquela seria uma hora de tristeza para seus discípulos, mas que em breve eles se alegrariam com uma alegria que ninguém lhes poderia tirar, pois Ele os veria outra vez.

Nossa alegria decorre da vitória de Jesus sobre a morte. Temos aflições neste mundo, mas Ele venceu o mundo. Ele ressuscitou e nos enviou o Espírito Santo, cuja presença gera em nós essa alegria. Porque Ele ressuscitou e podemos vê-lo, temos alegria. Aleluia!

Pr. Wagner Lopes